Pesquisar este blog

Carregando...

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Nossos amigos animais!












Vou compartilhar com vocês uma teoria que há muito acredito: "O Amor cobre uma multidão de pecados"
No mês de dezembro passado, vivenciei um problema. Os ratos estavam invadindo minha casa.
O bairro onde moro foi totalmente tomado por ruas asfaltadas, casas sem quintal e todas essas modificações geradas pelo "progresso" urbano.
Após muitas tentativas frustradas, e ecologicamente corretas, em tentar me desfazer dos visitantes inoportunos, tive a feliz idéia de resolver o problema da forma mais antiga :
contratar o serviço de um especialista - o gato.
Mas, para minha surpresa, ganhei um filhotinho lindo, de 15 dias!
O detalhe é que na minha casa já mora uma cadela mestiça de viralata com pastor,chamada Fifi, muito esperta e adora caçar pequenos animais - inclusive os ratos.
Meu receio era que ela confundisse o gato com um de seus amigos ratos.
Naturalmente, o instinto animal, logo se manifesta.
O que tornou a missão de afungentar os roedores mais difícil, não era o fato do gato ser pequeno demais em relação aos roedores, mas, ser um concorrente da cadela.
Certos sentimentos naturais aos seres humanos, também podem ser expressados pelos animais.
A Fifi logo percebeu o novo hóspede. E, claro, ficou brava demais.
O bichano naturalmente amedrontado, se defendeu com suas garrinhas afiadas.
Estava criado o impasse.
O que fazer diante dessa situação ?
Todos na casa queriam ficar com ambos, mas o espaço compartilhado era pequeno.
Então , entramos com o tratamento Floral.
Pinguei algumas gotinhas de Floral de Minas " Lantana" para trabalhar as animosidades.
Acrescentei "Chicoria" para o ciúme da Fifi, a cadela.
E para, o nosso recem chegado "Buquê do lactente", usado para bebês em sua nova adaptação ao meio externo e traumático em que chegam.
Com muito carinho, perseverança e paciência tudo se acalmou.
E não é que hoje , a Fifi, não morde mais o bichano. E ainda por cima, os ratos sumiram!
Então, mãos a obra!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Meditação para Paz